natalia_book_logo

capa_book_natalia

Título

Perspetivas sociológicas e educacionais em estudos da criança: as marcas das dialogicidades luso-brasileiras

Autor

Leni Vieira Dornelles e Natália Fernandes (ed.)

Tabela de Conteúdos

[Download]

INTRODUÇÃO

Leni Vieira Dornelles, Natália Fernandes

As marcas da dialogicidade nos estudos da criança luso-brasileiros – notas introdutórias

[1-7]

CAPÍTULO 1 - INFÂNCIA E PESQUISA COM CRIANÇAS

Altino José Martins Filho, Ana Claudia Ferreira Martins

A complexidade da Infância: balanço de uma década das pesquisas com crianças apresentadas na ANPEd/Brasil

[9-21]

Anne Carolina Ramos

Pesquisas com crianças: possibilidades e desafios metodológicos

[22-35]

Andréa Carla Pereira Campos Cunha, Natália Fernandes

Participação infantil: a sua visibilidade a partir da análise de teses e dissertações em Sociologia da Infância

[36-48]

CAPÍTULO 2 - INFÂNCIA E CIDADANIA

Alexandra Bernardete Roçadas Botelho

Aprendendo a Vida, Escutando as Vozes das Crianças

[50-71]

Maria Manuela de Sampaio Pinto Silva, Rosana Coronetti Farenzena

Participação Infantil e Autonomia no Jardim de Infância: uma Questão de Cidadania

[72-83]

Gabriela de Pina Trevisan

Cidadania infantil e participação política das crianças: interrogações a partir dos Estudos da Infância

[84-105]

Ilda Freire-Ribeiro

“Quais são os teus direitos? Direito da privacidade, direito da alegria, direito de ser feliz, direito de brincar, direito de ser digno”: Conceção das crianças sobre os direitos da criança

[106-121]

Denise Hosana de Sousa Moreira

Infâncias para além da participação: um estudo sobre crianças na pesca artesanal

[122-136]

CAPÍTULO 3 - INFÂNCIA E PROTEÇÃO

Cristóvão Pereira Souza, Maria da Conceição Passeggi

As narrativas videobiográficas no estudo da infância de risco

[138-150]

Ana Margarida Canhão

Entre a Protecção e a Participação – Olhares das Crianças e Jovens sobre as Práticas de Intervenção de uma CPCJ em Portugal

[151-180]

Carlos Alberto Batista Maciel, Edval Bernardino

Violência Contra Crianças e Adolescentes em Município de Fronteira na Amazônia Brasileira

[181-200]

Antônio Genivaldo Silva Feitosa

A Infância Abrigada: Impressões das Crianças na Casa Abrigo

[201-218]

Maria Paula Panúncio-Pinto, Bruna Maria Coelho Freitas

Crianças vitimizadas: relato de experiência de intervenção

[219-228]

CAPÍTULO 4 - INFÂNCIA E DEVIRES

Cristiano Bedin da Costa

Arquitetônicas infantis: mapas, trajetos e devires em educação

[230-240]

Alberto Filipe Araújo, Armando Rui Guimarães

Da criança arquetipal à mitologia da infância. Uma abordagem a partir de James Hillman/td>

[241-261]

António Camilo Cunha

A Criança e o  brincar como obra de arte - O sentido de um esclarecimento

[262-269]

Andrea Abreu Astigarraga, Maria da Conceição Passeggi

O governo de si e o governo do outro no contexto da família rural: do trabalho infantil à universidade

[270-284]

Nilce Vieira Campos Ferreira, Fernanda de Alencar Machado Albuquerque

Educação profissionalizante para crianças: Minas Gerais no início do século xx

[285-298]

CAPÍTULO 5 - INFÂNCIA E DIFERENÇAS

 

Thaísa de OliveiraLima

Qual é o teu segredo para ser tão pretinha: o preconceito com crianças negras na educação infantil

[300-308]

Leni Vieira Dornelles, Daniela Lemmertz Bischoff

Misturas de cores: Olhares sobre diversidade e raça na Educação Infantil

[309-319]

Marinete Lourenço Mota, Antônia Rodrigues Silva

A Escola ao pé de fronteira: percepção e possibilidades de uma educação multi/intercultural crítica para a cidadania infantil

[320-331]

CAPÍTULO 6 - INFÂNCIA E POLÍTICAS EDUCACIONAIS

 

Filomena Correia, Ariana Cosme

O desenvolvimento comunitário e a ação dos Agrupamentos de Escolas: Um estudo de caso

[333-353]

Viviane Aparecida Silva, Carla Maria Fidelis

A escuta da criança em uma auto avaliação institucional

[354-364]

Emília Vilarinho

As políticas da educação pré-escolar em Portugal

[365-384]

Sílvia Néli Barbosa

Entre concepções e práticas: desafios para o currículo na educação infantil

[385-401]

CAPÍTULO 7 - INFÂNCIA, PROFESSORES E EDUCAÇÃO

 

Isa M. C. S. Domingues ,Teresa Sarmento, Maria da Graça N. Mizukami

Os casos de ensino na formação-investigação de professores dos anos iniciais

[403-414]

Heloisa Josiele Santos Carreiro, Márcia Fernanda Carneiro Lima

Os combinados como prática na educação infantil: algumas reflexões

[415-429]

Maria de Fátima Araújo, Maria da Conceição Passeggi

A escola e os professores da educação infantil sob a ótica das crianças

[430-441]

Maria Conceição Pillon, Marlene Rozek

A Formação de leitores na Educação Infantil.

[442-450]

Marília Felippe, Paula Pecker

Multiplicando saberes: conversas sobre música entre o professor especialista e o educador de infância

[451-464]

Francinaide de Lima Silva, Maria Arisnete Câmara de Morais

Escolarização da criança no Grupo Escolar Modelo Augusto Severo (Natal | RN | Brazil, 1908-1920).

[465-477]

CAPÍTULO 8 - INFÂNCIA E INCLUSÃO

 

Maria Amélia Dias Martins,Rui Trindade

Educação Para Todos: NEERE – Modelo de Não Exclusão pela Eficácia na Remediação Educativa

[479-497]

Andréa Tonini, Ana Paula Loução Martins

Dificuldades de aprendizagem específicas: As políticas Educacionais de inclusão em Portugal e no Brasil

[498-509]

Letícia F. Dal-Forno, Feliciano H. Veiga, Sara Bahia

Características de sobredotação e criatividade percecionadas por educadores de Infância no Brasil e em Portugal

[510-522]

Ana Barreto, Cristina Vieira

A criança diferente vista pelos seus pares: resultados de um estudo feito numa escola inclusiva portuguesa do 1º ciclo do ensino básico

[523-543]

Geraldo Eustáquio Moreira, Ana Lúcia Manrique

O que pensam os professores que ensinam matemática sobre a inclusão de alunos com NEE?

[544-564]

Diana Tereso Coelho

Dislexia, disgrafia, disortografia e discalculia

[565-581]

CAPÍTULO 9 - INFÂNCIA, ARTES, VISUALIDADES e LINGUAGENS

 

Maria Arlete Carrapatoso Figueiredo

A poesia de Matilde Rosa Araújo (re)vista pelas crianças

[583-603]

Magda Viegas

Mosaico de Infância

[604-625]

Debora Perillo Samori

“Pegaram o livro que você ia pegar” -A produção de culturas infantis a partir da escolha de livros pelas crianças do 1º ano do Ensino Fundamental

[626-646]

CAPÍTULO 10 - INFÂNCIA E LUDICIDADE

Verônica Maria de Araújo Pontes, Daniela Deyse Silva de Alencar

O brincar na educação infantil: um olhar sobre os(as) professores(as) e sua prática pedagógica

[648-658]

Alberto Nídio Silva

Infância, Cultura e Ludicidade Coisas das Crianças

[659-684]

Geovanna de Lourdes Alves Ramos

Memórias, infância e brincadeiras: vivências de moradores na cidade de Uberlândia/MG.

[685-698]

CAPÍTULO 11 - CIBERINFÂNCIA E CULTURAS INFANTIS

Alessandra Alcântara, António José Osório

A internet na vivência lúdica da criança

[700-713]

Leticia Porto Pedrosa

¿Cómo socializan las películas de animación a los más pequeños? Estudio de los conflictos emocionales  a partir de grupos de discusión con menores

[714-727]

Nélia Mara Rezende Macedo

Curtir, comentar, compartilhar: O que fazem as crianças no Facebook?

[728-744]

Grécia Rodríguez, Leonardo Albuquerque

“A Rádio chiquita”: Uma ação formativa de educomunicação e cidadania infantil

 

[745-756]